14
ago

A importância do seguro antes de viajar

Todo mundo gosta de viajar, afinal sair da rotina e respirar novos ares, conhecer novas pessoas e lugares, faz muito bem, não é mesmo? Seja uma viagem curta de um final de semana para ir curtir a praia ou uma viagem com a família para passar vários dias em um bom resort ou conhecendo lugares turísticos.

Agora, uma coisa que é muito importante é sempre antes de viajar pensar na questão dos seguros. Imagine a cena, após passar dias descansado e curtindo em uma viagem muito boa, ao chegar na sua residência e entrar você se deparar com uma casa vazia pois ladrões invadiram e levaram boa parte dos seus bens como televisão, computador, eletrônicos e eletrodomésticos….

Parece muito azar ou difícil de acontecer? Pois saiba que infelizmente, pelo menos aqui no Brasil é um risco relativamente comum, meu primo se deparou com uma cena dessas ao voltar de sua última viagem, os ladrões entraram e fizeram a limpa, a sorte dele é que tinha seguro da casa e dos bens, agora se ele não tivesse a coisa seria de amargar…

Entende agora, quando digo que é preciso pensar nos seguros antes de viajar? E não estou falando apenas do seguro de casa, este foi um exemplo e é certamente um dos necessários, ainda mais que é baratinho, mas igualmente importante é ter um seguro de vida, principalmente para quem viaja muito a negócios, caso infelizmente venha acontecer algo a família não ficará desassistida.

E finalmente temos o seguro viagem, que apesar de não ser muito utilizado dentro do Brasil é ESSENCIAL para quem pretende viajar para fora do país, aliás, sem ter um deste, você nem pode entrar em alguns países da Europa. É um tipo de seguro que cobre desde perda de bagagens e até mesmo despesas com saúde como tratamento hospitalar ou gastos com medicamentos.

Se você pretende fazer uma viagem internacional, seja para os EUA ou Europa, vale a pena saber mais sobre este tipo de seguro:

Se você quer viajar tranquilo, não se esqueça de fazer estes seguros, caso contrário poderá ter dor de cabeça caso algo de errado ou aconteça alguma situação ruim, então agora já sabe, não basta apenas fazer as malas, fazer os seguros é obrigatório para uma viagem tranquila e sem problemas.

2
ago

Cuidados ao comer na rua

Com a vida agitada que a maioria de nós temos no mundo em que vivemos, é cada vez mais comum que as pessoas façam a maior parte das suas refeições fora de casa, almoço, lanches durante a tarde e em alguns casos até o café da manhã não é tomado mais em casa e sim no caminho para o trabalho para atividades do início do dia.

cuidados ao comer na rua

Embora a gente viva numa sociedade em que felizmente o nível de higiene e qualidade das comidas preparadas em lanchonetes, restaurantes, padarias e outros estabelecimentos melhorou muito, sempre há o risco de passar mal por comer algo em um ambiente impróprio ou porque foi mal preparado, ou devido a ingredientes de baixa qualidade ou até mesmo em alguns casos vencidos.

Acredite ou não, é bem provável que você já tenha comido carne vencida ou estragada em alguma churrascaria durante sua vida, há um tempo atrás foi reportagem em Curitiba uma churrascaria que teve os donos e funcionários pegos no flagra pegando carne vencida que além disso tinha sido furtada de um furgão e estava em condições deploráveis. Pois é pasme, mas isto não é algo raro, tenho conhecidos que trabalham na área de venda de carnes e tem cada história que as vezes é melhor nem saber…

Uma boa dica no caso das churrascarias é evitar as carnes com muito tempero, tipo picanha com alho e óleo, na maioria das vezes pegam carnes já vencidas, lavam com algum produto químico e depois enchem de molhos ou temperos para as pessoas não sentirem o cheiro dos produtos, quem me passou esta dica foi meu amigo que trabalha no ramo e depois disso nunca mais comi este tipo de carnes nas churrascarias.

Outro cuidado especial é quando você come literalmente na rua, ou seja, em carrinhos de cachorro quente, ou em feirinhas nas quais se vendem pastéis, sanduíches e outros, fique de olho principalmente na aparência do ambiente, outro dia por exemplo fui em uma destas feiras, ia comprar um sanduíche de pernil e quando percebi vi que uma das pessoas que estava montando os sanduíches também estava manuseando dinheiro, não preciso bem falar que desisti na hora e fui procurar outra opção…

Em grandes cidades como São Paulo o Food Truck costuma ser mais popular e de mais fácil acesso, não é por acaso que muitas pessoas pesquisam por Food Truck SP, elas desejam saber qual é o mais próximo delas pois se tornaram muito populares e até ponto de encontros para muitos.

Mas atenção, apesar da popularidade dos Food Trucks no momento e dos altos preços praticados pela maioria, isto não é sinal de que sempre é seguro comer em um deles, sempre fique de olho na higiene do local, se aparenta ser limpinho, se os funcionários usam luvas, toucas e manuseiam os alimentos bem, dentre outros.

Cuidado especial para alimentos fritos em óleo, como pastéis, coxinhas e outros, sempre tente verificar se o óleo parece novo ou se foi usado muitas vezes, óleo velho além de poder fazer mal na hora, também tem potencial cancerígeno.

E para finalizar, sempre que possível tente fazer as refeições em casa mesmo, é a maneira mais segura e certeira de comermos alimentos saudáveis, sem contaminação e que não vão nos fazer mal. Mas se isto não for possível confira algumas dicas para tentar comer de forma mais saudável possível quando fora de casa: